Bem-vindo ao

LEEPOC

LABORATÓRIO DE ESTUDOS SOBRE

 ELITES POLÍTICAS E CULTURAIS

 

    O LEEPOC apresenta-se como um espaço orientado à produção e à discussão de pesquisas sobre os mecanismos e os princípios de seleção, hierarquização e afirmação de elites políticas e culturais. Notadamente, os estudos desenvolvidos no grupo se inscrevem em duas linhas de investigação que tratam de processos de especialização/concorrência política e militante; e das intersecções entre lógicas, práticas e domínios políticos e culturais.

 

Endereço no Diretório de Grupos do CNPq:

https://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=0001709FP1AIR3

DIVULGAÇÃO DA PROGRAMAÇÃO DO 

45 ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS

45º Encontro Anual da ANPOCS

Divulgação de Mesa

Dia 20/10, 13h30 às 15h15

MR21 - Estudos e configurações de elites na América Latina
Coordenador(a): Eliana Tavares dos Reis (UFMA)

Debatedor(a): Miguel Serna Forcheri (Universidade da República)
Expositores: Heredia Mariana (IDAES-CONICET), Bastián González-Bustamante (University of Oxford), Igor Gastal Grill (UFMA) 
 

GT14 - Elites, Espaços e Formas de Dominação

Coordenação: Igor Gastal Grill (UFMA)

Irlys Alencar Firmo Barreira (UFC)

Descrição: Os estudos contemporâneos sobre elites ultrapassam a noção restrita que marcou as abordagens clássicas. Englobam, mais recentemente, os mais variados segmentos sociais - políticos, intelectuais, religiosos, econômicos, jurídicos, profissionais -, contendo diferentes domínios de atuação e formas de dominação. A proposta deste Grupo de Trabalho é reunir estudos que abarquem a multiplicidade de grupos dirigentes tendo em conta certas indagações centrais, como os princípios de hierarquização e de classificação que estruturam os diferentes espaços sociais e as lógicas de intervenção que lhes conferem dinâmica. As investigações devem priorizar como dimensões de análise os seguintes pontos: estratégias de legitimação, reprodução ou subversão de práticas de determinados grupos; sentidos e objetos disputados; representações e práticas; transações e circulações; sociabilidades, gostos e estilos de vida; trajetórias, carreiras individuais ou coletivas. A amplitude das questões acolhe contribuições de diversas áreas (Sociologia, Antropologia, C. Política) sem perder o foco das prioridades analíticas. O GT valorizará a pluralidade de abordagens, recortes empíricos e instrumentos metodológicos.

 

GT14 - Elites, Espaços e Formas de Dominação
Coordenação: Igor Gastal Grill (UFMA)
Irlys Alencar Firmo Barreira (UFC)
 
 
Descrição: Os estudos contemporâneos sobre elites ultrapassam a noção restrita que marcou as abordagens clássicas. Englobam, mais recentemente, os mais variados segmentos sociais - políticos, intelectuais, religiosos, econômicos, jurídicos, profissionais -, contendo diferentes domínios de atuação e formas de dominação. A proposta deste Grupo de Trabalho é reunir estudos que abarquem a multiplicidade de grupos dirigentes tendo em conta certas indagações centrais, como os princípios de hierarquização e de classificação que estruturam os diferentes espaços sociais e as lógicas de intervenção que lhes conferem dinâmica. As investigações devem priorizar como dimensões de análise os seguintes pontos: estratégias de legitimação, reprodução ou subversão de práticas de determinados grupos; sentidos e objetos disputados; representações e práticas; transações e circulações; sociabilidades, gostos e estilos de vida; trajetórias, carreiras individuais ou coletivas. A amplitude das questões acolhe contribuições de diversas áreas (Sociologia, Antropologia, C. Política) sem perder o foco das prioridades analíticas. O GT valorizará a pluralidade de abordagens, recortes empíricos e instrumentos metodológicos.
 
GT14 - Elites, Espaços e Formas de Dominação - Sessão 01 - Circulação e usos da cultura na legitimação de elites  - 25/10/2021 - 14:00 - 17:00
Coordenador/a: Igor Gastal Grill (UFMA)
Debatedor/a: Carolina Pulici (UNIFESP)
Miqueli Michetti (UFPB - PPGS)
Para além do social closure? Iniciativas de “abertura”, circulação acadêmica internacional e multiposicionalidade de elites econômicas.
Resumo: Recentemente, organizações sem fins lucrativos man... Veja mais!
 
Ana Carolina Bichoffe (NESEFI - UFSCar)
NEGOCIANDO COM O FUTURO: o mundo dos derivativos, cultura e práticas no espaço financeiro brasileiro
Resumo: O trabalho traz um balanço preliminar de uma pesqu... Veja mais!
 
Patricia Kunrath Silva (ESPM)
Movimento por uma cultura de doação: a mobilização das elites na estruturação de um setor filantrópico no Brasil
Resumo: O movimento por uma cultura de doação nasceu no an... Veja mais!
 
Alexandre Barbalho (UECE)
Os dirigentes da cultura: a elite da política cultural na era Weffort
Resumo: A “era Weffort”, o período no qual o cientista pol... Veja mais!
 
Aline Lopes Rochedo (UFRGS)
A produção de dinastias afetivas pelo reparte de joias de família
Resumo: Este trabalho é um recorte de pesquisa etnográfica... Veja mais!

 

45 ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS

45º Encontro Anual da ANPOCS

    Entre 19 a 27 de outubro de 2021 vai acontecer o 45º Encontro Anual da ANPOCS.

    Convidamos a todes que encaminhe propostas de trabalho ao GT Elites, Espaços e Formas de Dominação, coordenado pelos profes. Igor Gastal Grill (UFMA) e Irlys Alencar Firmo Barreira (UFC)

    O período de inscrição de propostas de resumos é entre 27/04/21 a 07/06/21.

    Ementa do GT 14: Os estudos contemporâneos sobre elites ultrapassam a noção restrita que marcou as abordagens clássicas. Englobam, mais recentemente, os mais variados segmentos sociais - políticos, intelectuais, religiosos, econômicos, jurídicos, profissionais -, contendo diferentes domínios de atuação e formas de dominação. A proposta deste Grupo de Trabalho é reunir estudos que abarquem a multiplicidade de grupos dirigentes tendo em conta certas indagações centrais, como os princípios de hierarquização e de classificação que estruturam os diferentes espaços sociais e as lógicas de intervenção que lhes conferem dinâmica. As investigações devem priorizar como dimensões de análise os seguintes pontos: estratégias de legitimação, reprodução ou subversão de práticas de determinados grupos; sentidos e objetos disputados; representações e práticas; transações e circulações; sociabilidades, gostos e estilos de vida; trajetórias, carreiras individuais ou coletivas. A amplitude das questões acolhe contribuições de diversas áreas (Sociologia, Antropologia, C. Política) sem perder o foco das prioridades analíticas. O GT valorizará a pluralidade de abordagens, recortes empíricos e instrumentos metodológicos.

    https://www.anpocs2021.sinteseeventos.com.br/conteudo/view?ID_CONTEUDO=717

 

 

GT 17 - SOCIOLOGIA POLÍTICA

  https://www.sbs2021.sbsociologia.com.br/

  Coordenação: Rodrigo Bordignon, UFSC; Eliana Tavares dos Reis, UFMA; Elisa Klüger, USP

    Resumo

    O GT reunirá pesquisas sobre diferentes universos sociais (intelectuais, econômicos, jurídicos, etc.) tratados nas suas relações com a dimensão política, e sobre fenômenos políticos, focalizados nas suas imbricações com domínios e princípios sociais diversos. Enfatizando condicionantes de atuação e objetos de competição/identificação dos/as protagonistas, os estudos poderão abordar perfis, trajetórias, carreiras e posicionamentos de indivíduos, organizações, instituições, etc. a partir de distintas configurações históricas. Serão acolhidas propostas atentas às: 1) relações entre estruturas de poder político e domínios sociais; 2) transformações, diferenciações e composições de grupos sociais; 3) lógicas de hierarquização, estratégias reconversão e sua legitimação; 4) formas de participação e de tomadas de decisão políticas; 5) modalidades de intervenção e representação de “causas”/“interesses”; 6) produções, disputas e modos de imposição de concepções de sociedade e de política.

 

NOVAS PUBLICAÇÕES

 

ALGUMAS PUBLICAÇÕES


        
 

19º Congresso Brasileiro de Sociologia

    Pessoal, as inscrições online de resumos de trabalhos em Gts da SBS (em Floripa) vão até 26/11!
    GT41 - Sociologia política das elites

 

    Coordenação:
    Igor Grill (UFMA)
    Elisa Kluger (Cebrap/Princeton)

 

    Resumo: A proposta deste Grupo de Trabalho é reunir pesquisas sobre diferentes segmentos de elites (políticos, culturais, intelectuais, econômicos, jurídicos, profissionais, entre outros) tratados nas suas relações com a dimensão política da vida social, quer dizer, com lógicas e princípios políticos intervenientes nas práticas sociais dos agentes. Com ênfase nos condicionantes de entrada/atuação e nos objetos de competição/identificação dos protagonistas envolvidos, os estudos poderão abordar distintos perfis, trajetórias e carreiras de indivíduos, organizações, instituições, etc., a partir de diferentes configurações históricas e universos empíricos. Desse modo, a sociologia política desses segmentos poderá ser mobilizada para dar conta de variadas dimensões, como: 1) da composição, transformação e diferenciação dos grupos dominantes; 2) das múltiplas conexões entre domínios políticos com outros segmentos de "elites"; 3) dos princípios de hierarquização de domínios ou espaços sociais; 4) dos mecanismos de seleção e recrutamento dos "profissionais"; 5) da circulação internacional e formação de laços entre grupos de elites; 6) das estratégias de reconversão de recursos e de sua legitimação; 7) das modalidades de atuação e representação de "causas"/"interesses"; 8) dos repertórios de mobilização, ritos de consagração, disputas cognitivas e práticas performativas; 9) das lutas e imposições de concepções de sociedade e de política; 10) dos padrões de sociabilidades, gostos e estilos de vida.

INCRIÇÕES GTS DA ANPOCS

        As inscrições nos GTs da ANPOCS vão até 12/04/2018.


    Convidamos a apresentarem propostas direcionadas ao GT10 Elites e formas de dominação, coordenado por Roberto Grün (UFSCar) e Eliana Tavares dos Reis (UFMA).

    A proposta deste Grupo de Trabalho é aglutinar investigações direcionadas a diferentes segmentos de elites (políticos, culturais, econômicos, profissionais, entre outros). Assim, objetivamos que este seja um espaço de interlocução para pesquisadores que, a partir de distintas configurações históricas e recortes empíricos, abordem perfis, trajetórias, carreiras, estratégias de legitimação, mecanismos de reprodução e objetos disputados por agentes (individuais ou coletivos), que ocupam posições relativamente bem situadas nos seus respectivos domínios de atuação. Principalmente, vamos acolher trabalhos que, apoiados em referenciais analíticos e universos de análise múltiplos, enfatizem as seguintes dimensões na pesquisa sobre elites: 1) composição, transformação e diferenciação ao longo dos séculos XX e XXI; 2) princípios de hierarquização e lógicas de distinção; 3) condições, recursos e estratégias de afirmação, preservação ou contestação de suas posições e posicionamentos; 4) repertórios de mobilização, ritos de consagração, disputas cognitivas e práticas performativas; 5) padrões de sociabilidades, go

stos e estilos de vida; 6) polarização política e transformação dos espaços do poder.

EVENTO “30 Anos de Ciências Sociais no Maranhão” 

DE 09 A 11 DE OUTUBRO DE 2018

 

    GT 4 – Estudos sobre elites políticas e culturais
   Coordenação:: Prof. Dr. Igor Gastal Grill (DESOC e PPGCSOC/UFMA) e Profa. Dra. Eliana Tavares dos Reis (DESOC e PPGCSOC/UFMA)
    Local: Sala de Aula 1 (Prédio Sergio Ferretti)
 

    Dia 10/10/2018 - Sessão 1 – Elites parlamentares e produção escrita
    1- Futebol e política no Brasil: bases de multinotabilidade e padrões de imbricação
José Hailton Costa Coelho
    2- Parlamentares que escrevem sobre desenvolvimento: domínios sociais e profissionalização política
Caio Bastos Rodrigues
    3- Parlamentares mineiros, produção da identidade regional e análise do itinerário de Milton Campos
Beatriz Ferro
    4- Porta-vozes das “regiões”: análise comparativa sobre perfis de parlamentares que escrevem sobre o Maranhão e o Rio Grande do Sul
Eduardo Braelsen de Castro Almeida

    5- Perfis, produção escrita e militância de parlamentares pernambucanos
Luan Pires Canavieira
    6- Representações da “região” e atuação jornalística: o caso de Barbosa Lima Sobrinho
Lucas Moreira
    7- As multinotabilidades de Neiva Moreira: jornalismo, política e intelectuais
Ariel Tavares Pereira
    8- Políticos no Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão: trajetória e produção escrita de Joaquim Haickel
Eduardo Venâncio Costa Abreu

 

    Dia 11/10/2018 - Sessão 2 – Identificações culturais e engajamentos
    1- Redefinições no universo católico: fluxos de circulação e destino social da “missão” franciscana no Maranhão 1950-1990
Jorge Luiz Feitoza Machado
    2- Política, cultura e história regional em um domínio de atuação da elite maranhense: o IHGM
Karolline Cristine Reis Garcez
    3- Configurações e reconfigurações do espaço político da OAB/MA: redes, coalizões interpessoais e clivagens (1981-2018)
Samário José Lima Meireles
    4- Atuação universitária, produção e transmissão de concepções sobre o direito e a justiça no estado do Maranhão
Lorenna de Maciel Dominici
    5- Representações sobre a "cultura popular maranhense" em museus etnográficos de São Luís
Déborah Arruda Serra
    6- O “patrimônio cultural” como causa no Maranhão: uma análise dos perfis de Kátia dos Santos Bogéa e Michol Pinho de Carvalho
Andressa de Carvalho Machado
    7- Posições e oposições na produção de "causas" legítimas a partir do Jornal Vias de Fato
Thayná Cristina Rosa Carneiro

 

    GT 4 – Estudos sobre elites políticas e culturais
    Coordenação:: Prof. Dr. Igor Gastal Grill (DESOC e PPGCSOC/UFMA) e Profa. Dra. Eliana Tavares dos Reis (DESOC e PPGCSOC/UFMA)
    Local: Sala de Aula 1 (Prédio Sergio Ferretti)
 

    Dia 10/10/2018 - Sessão 1 – Elites parlamentares e produção escrita
    1- Futebol e política no Brasil: bases de multinotabilidade e padrões de imbricação
José Hailton Costa Coelho
    2- Parlamentares que escrevem sobre desenvolvimento: domínios sociais e profissionalização política
Caio Bastos Rodrigues
    3- Parlamentares mineiros, produção da identidade regional e análise do itinerário de Milton Campos
Beatriz Ferro
    4- Porta-vozes das “regiões”: análise comparativa sobre perfis de parlamentares que escrevem sobre o Maranhão e o Rio Grande do Sul
Eduardo Braelsen de Castro Almeida
    5- Perfis, produção escrita e militância de parlamentares pernambucanos
Luan Pires Canavieira
    6- Representações da “região” e atuação jornalística: o caso de Barbosa Lima Sobrinho
Lucas Moreira
    7- As multinotabilidades de Neiva Moreira: jornalismo, política e intelectuais
Ariel Tavares Pereira
    8- Políticos no Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão: trajetória e produção escrita de Joaquim Haickel
Eduardo Venâncio Costa Abreu

  

     Dia 11/10/2018 - Sessão 2 – Identificações culturais e engajamentos
    1- Redefinições no universo católico: fluxos de circulação e destino social da “missão” franciscana no Maranhão 1950-1990
Jorge Luiz Feitoza Machado
    2- Política, cultura e história regional em um domínio de atuação da elite maranhense: o IHGM
Karolline Cristine Reis Garcez
    3- Configurações e reconfigurações do espaço político da OAB/MA: redes, coalizões interpessoais e clivagens (1981-2018)
Samário José Lima Meireles
    4- Atuação universitária, produção e transmissão de concepções sobre o direito e a justiça no estado do Maranhão
Lorenna de Maciel Dominici
    5- Representações sobre a "cultura popular maranhense" em museus etnográficos de São Luís
Déborah Arruda Serra
    6- O “patrimônio cultural” como causa no Maranhão: uma análise dos perfis de Kátia dos Santos Bogéa e Michol Pinho de Carvalho
Andressa de Carvalho Machado
    7- Posições e oposições na produção de "causas" legítimas a partir do Jornal Vias de Fato
Thayná Cristina Rosa Carneiro

41º ENCONTRO ANUAL - 2017

 

41º ENCONTRO ANUAL - 2017

    anpocs.org

    Prezad@s,
    Convidamos a tod@s para que submetam resumos de trabalhos ao GT 10 da ANPOCS: “Elites e formas de dominação”, coordenado por Roberto Grün (UFSCar) e Eliana Tavares dos Reis (UFMA).
    As inscrições estão abertas até o dia 10 de abril!
    Ementa: A proposta deste Grupo de Trabalho é aglutinar investigações direcionadas a diferentes segmentos de elites (políticos, culturais, econômicos, profissionais, entre outros). Assim, objetivamos que este seja um espaço de interlocução para pesquisadores que, a partir de distintas configurações históricas e recortes empíricos, abordem perfis, trajetórias, carreiras, estratégias de legitimação, mecanismos de reprodução e objetos disputados por agentes (individuais ou coletivos), que ocupam posições relativamente bem situadas nos seus respectivos domínios de atuação. Principalmente, vamos acolher trabalhos que, apoiados em referenciais analíticos e universos de análise múltiplos, enfatizem as seguintes dimensões na pesquisa sobre elites: 1) composição, transformação e diferenciação ao longo dos séculos XX e XXI; 2) princípios de hierarquização e lógicas de distinção; 3) condições, recursos e estratégias de afirmação, preservação ou contestação de suas posições e posicionamentos; 4) repertórios de mobilização, ritos de consagração, disputas cognitivas e práticas performativas; 5) padrões de sociabilidades, gostos e estilos de vida; 6) polarização política e transformação dos espaços do poder.

 

 

 
"Colegas, 

o prazo para submissão de resumos para o V Fórum Brasileiro de Ciência Política, que acontece em julho, termina amanhã!
O GT de Elites e Estruturas de Poder tá bacana.
Mais informações: https://www.forumcienciapolitica.com.br/"
Colegas,

o prazo para submissão de resumos para o V Fórum Brasileiro de Ciência Política, que acontece em julho, termina amanhã!
O GT de Elites e Estruturas de Poder, coord. pelo Igor Grill, tá bacana.
Mais informações: https://www.forumcienciapolitica.com.br/

 

Pessoal, acaba de sair a versão online do número 27 da REPOCS. Neste volume, o dossiê Antropologia, Política e Estado, organizado por Marcos Otavio Bezerra e Igor Gastal Grill, conta com artigos excelentes dos pesquisadores: Jean-Louis Briquet, Jorge Villela, Ana Claudia Marques, Irlys Barreira, Gabriel Vommaro, Marcos Otavio Bezerra e Veena Das. Convidamos a tod@s para acessar e ler o periódico!

XVII Congresso Brasileiro de Sociologia

 

 

GT 13: Elites e Espaços de Poder:

 

Dia 28/10/2014, terça-feira, das 8h30 às 12h00, sala 15 - União

Comunicação: Ars obligatoria¸ ars inveniendi: imposições e subversões na afirmação política e intelectual de mulheres parlamentares.

Autora: Eliana Tavares dos Reis

 

Dia 29/10/2014, quarta-feira, das 8h30 às 12h30, sala 15 - União

Comunicação: Bases da notoriedade, trabalho de eternização e confissões ambivalentes: o caso de Afonso Arinos.

Autor: Igor Gastal Grill